Washington se prepara para o IPW 2017, maior evento de turismo do mundo

Lincoln Memorial

 A capital americana receberá uma programação de eventos incríveis para promover Washington, DC durante o IPW 2017 da U.S. Travel Association, que acontece pela primeira vez no destino de 3 a 7 de junho. Serão 6,3 mil participantes de 75 países que participarão do principal evento da indústria de viagens e que é o maior gerador de viagens para os Estados Unidos.

Durante os dias de evento, os participantes poderão vivenciar o que Washington, DC tem de diferente dos outros destinos do mundo. Destacando os seus diversos bairros e experiências, 34 tours para profissionais de turismo e imprensa acontecerão no sábado e domingo, 3 e 4 de junho. Os passeios incluem acesso ao mais novo – e disputado – Museu Nacional de História e Cultura Afro-americana; além de visão do cenário gastronômico e empreendedor de DC, incluindo visita aos artesãos no Union Market; e muito mais.

Em cooperação com o Serviço de Parque Nacional, será realizado o evento de abertura no domingo, 4 de junho. Os participantes desfrutarão da bela vista do pôr do sol no National Mall acompanhado de uma apresentação de artistas locais e acesso exclusivo ao Museu Aeroespacial Smithsonian. Ainda neste dia, o Newseum receberá um brunch para imprensa e público MICE, dando acesso privativo a esta atração dedicada à liberdade de expressão. O evento de encerramento será no Nationals Park, em 7 de junho, apresentando uma experiência típica americana, o baseball, em uma celebração coordenada com toda a Região da Capital dos EUA (CRUSA), incluindo os Estados de Maryland e Virgínia.

“O IPW é, essencialmente, uma propaganda de cinco dias de Washington, DC” disse Elliott L. Ferguson, presidente e CEO de Destination DC (DDC). “Nossa mensagem para a comunidade internacional é que eles são muito bem-vindos, assim como seus negócios. Estamos muito animados em mostrar as atrações da capital americana para os operadores de turismo, imprensa e parceiros da indústria” acrescenta.

De acordo com a Rockport Analytics, o impacto econômico imediato ao receber o IPW é de U$ 12 milhões. De 2018 a 2020, Washington, DC espera receber um milhão de novos visitantes internacionais, U$ 1,7 bilhão em impacto econômico, U$ 94 milhões em impostos locais e 5,9 mil empregos.

“Nós somos muito felizes em receber milhões de turistas todos os anos em Washington, DC. Estamos orgulhosos em mostrar nossos bairros vibrantes, nosso cenário artístico em constante crescimento, assim como gastronômico, e os diversos museus e monumentos que contam a história do nosso país, ” disse Muriel E. Bowser, prefeito de Washington, DC. “Enquanto nós continuamos a espalhar oportunidades inclusivas por toda Washington, DC, todos os turistas que vêm nos visitar têm um papel fundamental no apoio aos negócios locais e na criação de empregos. Ao se hospedar em nossos hotéis, jantar em nossos restaurantes, visitar nossas atrações e comprar em nossas lojas locais, visitantes de todo o mundo estão ajudando a tornar a economia de Washington, DC uma das mais fortes do país”.

“Essa é uma oportunidade única para incrementar as vendas de turismo de lazer e Washington, DC está pronta para brilhar, ” disse Theresa Belpulsi, vice-presidente de DDC. “Foram anos de planejamento dedicados ao IPW 2017 e estamos prontos para dar as boas-vindas aos profissionais de todo o mundo e realizar o melhor IPW de todos. ”

Jefferson Memorial

Washington, DC recebeu o recorde de 20 milhões de visitantes domésticos em 2016 e DDC anunciará o total de visitação do ano em agosto. O cenário gastronômico no destino está em pleno crescimento – DC foi nomeada “Hottest Food City” pelo Zagat.com e a “Melhor Cidade com Restaurantes” pela Bon Appetit. A segunda edição do Michelin Guide está prevista para sair no outono americano. Transitar pela cidade é muito fácil usando transporte público, ou utilizando o serviço de Capital Bikeshare que conta com mais 3 mil bicicletas espalhadas por 440 estações em Washington, DC, Maryland e Virginia.

Em 2018, Washington, DC irá sediar eventos como DC Jazz Festival; a exposição Hive (Colmeia, tradução livre) no National Building Museum; o torneio Citi Open de tênis; a reabertura do Freer|Sackler; a marcante exposição Vermeer na National Gallery of Art; estreia mundial de “Mean Girls: The Musical” (Meninas Malvadas: O Musical, tradução livre) no National Theatre; a inauguração do Museu da Bíblia e o retorno do Festival de Teatro Women’s Voices.

“Nós usamos a campanha #MyDCcool para mostrar a conexão pessoal que os visitantes e os moradores têm com a nossa cidade, seja ao fazer uma refeição, em uma festa, durante um show, enquanto está fazendo compras ou simplesmente a foto de um belo pôr do sol em um local icônico, ” explica Fergunson. “Estamos ansiosos para ver o que as delegações que virão participar do IPW vão postar durante sua estada na cidade. ”

DDC também está trabalhando em parceria com CRUSA para receber as delegações de todos os lugares do mundo e incentivando-as a chegar mais cedo e a estender sua estadia, para poder desfrutar das praias, cidades costeiras, belas paisagens de montanhas e as estradas cênicas de Maryland e Virgínia.

O mercado de hospitalidade de Washington, DC reconhece a importância de receber o IPW. DDC recrutou 800 voluntários para ajudar nos aeroportos, hotéis, eventos e recepções. Mais de 50 membros estão oferecendo descontos especiais (“Delegate Deals”) para quem apresentar a credencial do IPW. DDC arrecadou U$3,5 milhões em patrocínio e recebeu mesma quantia de U$ 3,5 milhões do governo do Distrito de Columbia. DDC está trabalhando com 80 parceiros para receber o IPW, entre eles, lideram CRUSA, Brand USA, Metropolitan Washington Airports Authority (MWAA), United Airlines e Hilton Worldwide.

Outros Posts

Eduardo Gregori

Eduardo Gregori é jornalista profissional especializado em turismo. Eduardo Gregori is a professional tourism journalist

Leia Também