Voo internacional sem refeição estreia no Canadá

A WestJet lançou uma polêmica ao inaugurar a operação entre Vancouver e Londres. A companhia aérea canadense não oferece refeições gratuitas na classe econômica neste voo que dura 9 horas e meia. “Dentro de Canadá, somos a única companhia a cobrar por refeições quentes na classe econômica”, disse o porta-voz da WestJet Robert Palmer em um comunicado. O executivo justificou a cobrança alegando que  “nossos clientes sempre nos dizem que eles não querem pagar por coisas que não precisam ou querem, o que inclui refeições caras.” Questionado sobre outras companhias que voam o mesmo trecho, como Air Canada, o executivo disse que, por ser uma companhia de baixo custo, a WestJet não pode ser comparada a Air Canada.  Em sua defesa, Palmer apontou a operação da Norwegian Air entre Nova York e Londres, na qual a companhia aérea norueguesa cobra pela refeição em algumas tarifas. No Canadá não existe uma lei que obrigue as companhias aéreas a servir refeições gratuitas a seus passageiros. Contudo, o órgão responsável pelo transporte aéreo no país já pensa em regular o setor neste quesito.

Outros Posts
VÍDEOS E REDES SOCIAIS
Assista ao Programa Eu Por Aí e se inscreva no nosso canal no YouTube

Curta nossa página no Facebook
Curta nosso perfil no Instagram


Eduardo Gregori

Eduardo Gregori é jornalista profissional especializado em turismo. Eduardo Gregori is a professional tourism journalist

Leia Também