Guarulhos é o segundo aeroporto mais pontual do mundo

O GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo ficou em segundo lugar na lista de menores atrasos em agosto, segundo a FlightStats, empresa que faz análises de dados sobre voos no mundo. Esse é o melhor resultado do GRU Airport em 2016. Mais de 88% das aeronaves partiram de Guarulhos no horário previsto, só atrás de Istambul, na Turquia, com 90,6% de pontualidade. Menos de 12% dos voos que partem de Guarulhos apresentam atraso acima de 15 minutos. Em junho, O GRU Airport ocupava a 10ª colocação no ranking.

A FlightStats é uma empresa norte-americana de serviços de dados de aviação comercial, sendo a principal fornecedora mundial de dados de voo em tempo real. O ranking mensal avalia mais de 92% dos voos comerciais programados em todo o mundo.

Olimpíadas 2016

Durante o período dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo obteve a melhor avaliação no ranking de satisfação dos passageiros, com nota 4,55 em uma escala de 1 a 5. O ranking faz parte de pesquisa do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, que avaliou nove aeroportos de 1º a 22 de agosto, período que envolve o pico de movimentação de torcedores, atletas e membros de delegações nos aeroportos. O índice geral de pontualidade foi de 94,8%, o melhor já registrado em uma operação especial do setor de Aviação Civil no País.

3º mais pontual do mundo

De acordo com a pesquisa Punctuality League 2015 da OAG, uma das consultorias mais prestigiadas do mundo em inteligência de mercado de aviação, o GRU Airport ficou com a terceira colocação do ranking de pontualidade de voos entres os maiores terminais do mundo. Guarulhos obteve performance de pontualidade de 87,47% nas partidas, atrás apenas dos aeroportos de Haneda (91,25%), em Tóquio/Japão, e de Munique (87,71%), na Alemanha.

Para o diretor de Operações do GRU Airport, comandante Miguel Dau, “os resultados positivos obtidos em relação à pontualidade de voos e à qualidade dos serviços são reflexo dos investimentos realizados pela Concessionária nos últimos quatro anos, principalmente em obras de expansão da capacidade, implantação de novas tecnologias e treinamento de pessoas. Vale destacar, também, a adoção pioneira no Brasil do conceito de A-CDM (Airport Collaborative Decision Making). Esta é a forma mais eficiente de se administrar um aeroporto com as nossas características, por meio do espírito colaborativo”.

Outros Posts

Eduardo Gregori

Eduardo Gregori é jornalista profissional e consultor de viagens. Eduardo Gregori is a professional journalist and travel consultant.

Leia Também