Festival em Tiradentes homenageia Minas Gerais

Há 20 anos, o Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes começava a ganhar forma para se transformar na maior referência da cultura gastronômica do país. Desde então, mais de três mil profissionais da gastronomia foram envolvidos em quase duas mil atrações gastronômicas e cerca de 900 artísticas. Mais de meio milhão de pessoas já prestigiaram o evento.

Os números são expressivos e entre os dias 18 e 27 de agosto esta soma ganha novos patamares com a realização da 20ª edição do evento, na cidade de Tiradentes/MG. A tradicional Praça da Rodoviária ganha novos ares e recebe shows, cozinha ao vivo e estandes com representantes dos mais importantes restaurantes mineiros. O Largo das Forras, chamado de Praça do Conhecimento, será o núcleo em que se concentram aulas teóricas e interativas com grandes nomes da gastronomia. Além disso, por toda a cidade são realizados eventos especiais, restaurantes locais oferecendo pratos exclusivos do Festival, Turismo Gastronômico, jantares e atividades culturais.

Este ano, um novo espaço agrega a programação, a Praça das Vertentes, com mais chefs e atrações musicais para que o público possa viver inteiramente a experiência do festival. O espaço surgiu para valorizar o Campo das Vertentes, região localizada na Serra da Mantiqueira, entre o Sul de Minas e a Zona da Mata e engloba 36 municípios, inclusive Tiradentes. A região faz parte de um importante roteiro que atrai turistas de todo o país e produtores e chefs locais estarão presentes com restaurantes e cozinhas ao vivo representando a região.

Esta edição é realizada por meio das Leis Federal e Estadual de Incentivo à Cultura, apresentada pelo Ministério da Cultura, Bradesco e Cielo, com patrocínio de Brahma Extra, Net Claro e Cemig, fomento da Codemig e Governo de Minas Gerais. Conta com a parceria educacional e cultura do Sesc e Senac; apoio da H2OH, Sebrae, Mater Dei, Verdemar e Souza Cruz; apoio institucional do Governo do estado do Ceará; colaboração de Larambla e Dickies.

O tema
Durante os dez dias de festa a cidade se transforma e abraça o evento, que este ano homenageia o estado de Minas Gerais. O Festival faz parte do calendário anual do Projeto Fartura – Comidas do Brasil que, após visitar todo o Brasil e alguns lugares no mundo pesquisando a gastronomia, voltou os olhos a Minas Gerais. A conclusão foi que a riqueza e fartura gastronômica, a calorosidade do povo e a importância deste setor na economia do estado – com números expressivos, fazem da gastronomia mineira uma das mais importantes do mundo.

A gastronomia tem importante valor cultural em Minas, com produtos tradicionais como o queijo, o café, a cachaça. Mas a importância não é só afetiva, este setor é responsável por girar a economia. O estado é o maior produtor e exportador de café do Brasil e do mundo; o segundo com mais produtos com certificado de origem e procedência do país; 400 mil agricultores familiares cadastrados. São 19 roteiros estruturados nas regiões turísticas de Minas, além de 16 cursos de gastronomia, de nível tecnológico, em funcionamento.
O Festival Gastronomia e Cultura Tiradentes foi pioneiro em eventos de alta gastronomia no Brasil e ajudou a projetar nacionalmente a rica comida mineira. “Eleger uma gastronomia como melhor ou pior é algo relativo. Mas após visitar todo o Brasil com este foco, tenho uma certeza: Minas Gerais é o lugar onde se come melhor. Não só pela fartura, riqueza gastronômica e tradição, mas pela receptividade do mineiro, pela importância econômica que temos em nossa gastronomia.”, comenta Rodrigo Ferraz, Diretor do evento.

Curadoria Gastronômica
A curadoria gastronômica é baseada nas viagens da Expedição Fartura, que percorreu todo o Brasil até 2016 e, em 2017, recomeçou suas viagens com foco no o estado e visitando 32 cidades. “Essa gastronomia é tão rica, que Minas Gerais fez da sua cozinha um símbolo do estado, um valor, um patrimônio. Isso é muito significativo. Vamos mostrar grandiosidade dessa comida”, comenta Luiza Fercarotta, curadora gastronômica do Festival.

Sua curadoria seguiu alguns pilares: a valorização do Campo das Vertentes, onde está localizada Tiradentes, com um turismo gastronômico pela região; a cobertura do estado por inteiro, com representantes de todas as regiões de Minas, do Vale do Jequitinhonha à Serra da Mantiqueira; e a nova cena mineira, com produtos e dados que demonstram que Minas mantém a tradição, mas se destaca em outros setores, como na produção de vinho, por exemplo.

As pessoas que fazem dessa gastronomia tão rica também são foco da curadoria. Empreendedores gastronômicos que fizeram a diferença e cresceram no setor estarão presentes, além de mineiros que saíram do estado, estão fazendo sucesso e levando seu DNA para outros lugares.

Curadoria artística
Seguindo a temática do Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes, a curadoria artística também reverencia os artistas mineiros. A programação cultural inclui grandes nomes do estado, com projeção internacional, passando pela música instrumental da mais alta qualidade, e novos talentos – os destaques da escola de música da Universidade Federal de São João Del Rei.

Nomes como Fernanda Takai, Alda Rezende, Wilson Sideral, Thiago Delegado, Aline Calixto, Marcos Ruffato, Fernando Sodré Trio, Rentao Savassi, Weber Lopes com Paulo Santos (Uakti), música instrumental e artistas do Campo das Vertentes estão entre os confirmados.

Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes
Local: Tiradentes – MG
Data: de 18 a 27 de agosto
Programação completa:
http://farturabrasil.folha.uol.com.br/blog-festivais/fartura-tiradentes/
Programação artística:
http://farturabrasil.folha.uol.com.br/blog-programacoes/palco-da-rodoviaria-tiradentes

Outros Posts

Eduardo Gregori

Eduardo Gregori é jornalista profissional especializado em turismo. Eduardo Gregori is a professional tourism journalist

Leia Também