Destinos mais acessíveis no primeiro semestre


Usuários do aplicativo Voopter que buscaram os melhores preços para passagens aéreas nacionais durante o primeiro semestre de 2017 encontraram nas capitais São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Curitiba (PR) e Belo Horizonte (MG) as melhores ofertas, em média. Para a capital paulista, o preço médio de um bilhete foi de R$ 645, sendo que houve ocasiões em que foi possível voar para São Paulo por R$ 120. O levantamento feito pelo Voopter Data levou em conta as pesquisas dos usuários do comparador de preços de passagens aéreas entre 1º de janeiro e 14 de julho.

Por outro lado, as cidades para onde viajar de avião exigiu mais poder aquisitivo dos passageiros durante o mesmo período foram Rio Branco (AC), Vitória da Conquista (BA), Fernando de Noronha (PE), Natal (RN) e Macapá (AP). Embora os preços dependam de variáveis, como origem, data da viagem e antecedência, os destinos acima foram os que tiveram as médias de preço mais altas.

Seguindo a mesma linha, os preços também estavam mais altos para quem buscou passagens aéreas para Bangkok, na Tailândia, Sydney, na Austrália, Pequim, na China, Tóquio, no Japão, e Cidade do Cabo, na África do Sul. As sul-americanas Montevidéu, no Uruguai, Buenos Aires, na Argentina, e Santiago, no Chile, foram as cidades para onde voar foi mais barato neste semestre, com médias de preço de R$ 1.002, R$ 1.157 e R$ 1.422, respectivamente. Miami e Nova York, nos Estados Unidos, completam a lista dos destinos internacionais mais em conta.

Outros Posts

Eduardo Gregori

Eduardo Gregori é jornalista profissional especializado em turismo. Eduardo Gregori is a professional tourism journalist

Leia Também