CEO da Assist Card dá dicas para mulheres viajantes

Toda mulher viajante possui sua metodologia para planejar suas viagens. Além de pensar na segurança, é preciso desenvolver técnicas para otimizar espaço e não deixar nada para trás enquanto se desbrava o mundo. Alexia Keglevich, CEO Global da Assist Card, tem mais de 3 milhões de milhas voadas. À frente da empresa  de assistência em viagens, a executiva reúne dicas para se viajar de maneira tranquila e sem imprevistos.

Antes de sair de casa:

– Sempre guarde o passaporte no mesmo lugar. Mantendo essa rotina, será difícil esquecer o documento 

– Para uma viagem mais curta, o aconselhável é recorrer à uma mala de bordo, que servirá para apoiar a bolsa ou, até mesmo, as pernas durante a espera entre um voo e outro. Um bolso externo também irá facilitar a retirada do notebook no momento do raio-x.

– Cuidado com a medida da mala de mão nos voos “low cost” e aviões pequenos. É preciso acomodá-la no compartimento superior. Por isso, conheça o tamanho certo e invista em um modelo flexível.

– Verifique a qualidade das rodas, pois algumas podem não cumprir sua função e terminam por deixar o deslocamento muito difícil.

– Fique atenta com as malas maiores, já que após carregadas, podem ultrapassar o peso permitido pelas companhias aéreas, que cobram pelo excesso.

Como arrumar a bagagem:

– Acomode os sapatos contra as paredes da mala, com as solas voltadas para fora.

– Leve peças básicas e que combinem entre si: calças escuras e blazers que podem combinar com blusas e camisas. Além disso, acessórios são tudo! Com eles você poderá compor looks para qualquer ocasião.

– Não se preocupe se a roupa amassar um pouco. Com o vapor do chuveiro ou um secador de cabelo, é possível deixá-la lisa novamente.

Preparando a nécessaire:

– A nécessaire deve ser flexível para ser acomodada na bagagem de mão ou na própria bolsa, sendo preferível levar várias de tamanho pequeno do que uma única grande. Também é interessante que tenha uma alça, para pendurá-la no banheiro quando for utilizada.

– Leve xampu, condicionador, sabonete, pinça, lixa e alicate, pasta e escova de dentes, hidratante e maquiagem. Lembre que, como será levado dentro do avião, os envases não podem exceder 100 ml, com limite de 1 litro no total.

– O ambiente seco do avião resseca bastante a pele. Para isso, leve toalhas umedecidas e hidratante. Tire todo o ar das embalagens antes de fechar bem, para que não vazem com a pressurização do voo.

No aeroporto:

– Alguns países solicitam a declaração de computadores no momento da passagem pela alfândega.

– Carregue sempre documentos importantes e dinheiro.

– Não use combinações óbvias, como data de nascimento, em cadeados trancados por senha numérica.

– Janela ou corredor? As filas localizadas nas saídas de emergências são mais espaçosas, porém não admitem objetos no chão e as poltronas não reclinam.

– Aproveite o período antes do embarque para limpar a caixa de e-mails, apagar fotos do celular e liberar memória ou ler um livro.

– Se viajar em classe executiva, aproveite a comodidade das salas VIP oferecidas pelas empresas aéreas.

No destino:

– Adquira um chip local para ter melhor acesso à internet e não depender dos sinais de Wi-Fi públicos, que podem ser de baixa intensidade.

– Você pode utilizar o Uber, mas verifique na chegada ao aeroporto as melhores opções de locomoção. O transporte público costuma ser muito eficiente nas grandes cidades.

– Mude a hora de seu relógio de pulso antes de embarcar. Vivendo o horário do destino com antecedência ajuda a evitar os sintomas de jet lag.

– Junte suas roupas sujas em uma sacola separada, que normalmente é oferecida pelos hotéis, mas também existem à venda algumas opções aromatizadas.

Top 8 aplicativos de viagem:

1. Assist Card

2. Seat Guru

3. Booking

4. Tripcase

5. Flight Aware

6. Uber

7. TripAdvisor

8. Orbitz

 

Outros Posts

Eduardo Gregori

Eduardo Gregori é jornalista profissional e consultor de viagens. Eduardo Gregori is a professional journalist and travel consultant.

Leia Também