Três roteiros clássicos de viagens de trem na Europa

A Europa reúne os destinos mais procurados por viajantes do mundo todo e, para conhecer as suas belas paisagens, nada melhor do que utilizar a sua extensa malha ferroviária.

Além de conforto e pontualidade, os trens proporcionam uma viagem segura e tranquila até mesmo para os turistas de primeira viagem, com estações bem localizadas, conectividade com os transportes públicos e sem a necessidade de check-in.

A Rail Europe, distribuidora de bilhetes e passes dos trens europeus, elaborou três roteiros clássicos de viagem pelo Velho Mundo imprescindíveis no itinerário de suas férias.

1. Roteiro: Londres – Paris – Bruxelas – Amsterdã

Os principais destinos da Europa e que todo turista deve conhecer. Em Londres, visite os museus – a maioria tem entrada gratuita – e os icônicos pontos turísticos London Eye, Big Ben e Palácio de Buckingham. A bordo do trem Eurostar, após 2h20 de viagem, a chegada em Paris já evidencia a arquitetura magnífica da capital da França. Reserve tempo para admirar a Torre Eiffel enquanto descansa do itinerário intenso de passeios.

Estação Saint Pancras em Londres

Os trens da Thalys levam os viajantes com rapidez e comodidade para Bruxelas. Caminhe por entre as pequenas ruas da metrópole belga e experimente as delícias típicas: chocolate, cerveja e batatas fritas. A mesma companhia faz o trajeto até Amsterdã. Com sua vida noturna agitada, é ideal para quem busca muita diversão. O passeio de barco pelos canais e o emocionante Museu Anne Frank são atividades obrigatórias.

2. Roteiro: Veneza – Florença – Roma

A partir da romântica Veneza, onde o melhor é se perder por entre as ruas estreitas e admirar as obras-primas da arquitetura em meios aos canais, se inicia o roteiro pelas principais cidades turísticas da Itália. O trem de alta velocidade até Florença sai da estação Santa Luzia diariamente e a viagem tem 2h de duração. Capital do Renascimento, é um museu a céu aberto e com opções para todos os gostos.

Trem da Thalys

Ao embarcar para Roma, reserve um lugar na janela para admirar as paisagens bucólicas durante o trajeto de 1h30. Além disso, programe-se para não perder nenhum detalhe da capital, que reúne um acervo vasto e impressionante de arte, esculturas e construções majestosas.

3. Roteiro: Zurique – Lucerna – Interlaken

A Suíça conta com uma eficiente rede ferroviária, o que proporciona facilidade de locomoção aos turistas que visitam o país. Em Zurique, percorra o centro histórico, a orla e faça um passeio de barco pelo lago. A menos de 1h de trem da capital, Lucerna encanta por suas belezas arquitetônicas – com suas charmosas construções medievais – e naturais, pois está rodeada pelos alpes nevados.

TGV Lyria, em Interlaken

Um dos principais destinos turísticos do país, Interlaken está a cerca de 2h de Lucerna, viajando de trem. É o ponto de partida para a famosa subida ao complexo “Top of Europe”, a estação de trem mais alta da Europa. O local conta com um parque de diversões nas alturas, além de muita neve, esculturas de gelo e vista de tirar o fôlego.

 

Outros Posts

Dicas essenciais para viajar de trem pela Europa

Enquanto se deslocar de carro, ônibus ou avião são opções mais comuns e conhecidas por quem viaja dentro do Brasil, o trem é um tipo de transporte muito utilizado para viajar dentro ou entre países da Europa. A proximidade das estações das áreas centrais, conectividade com transportes públicos e, em muitos casos o preço, contribuem para que o trem seja o meio ideal para se deslocar em uma viagem. Isso sem falar do charme que toda viagem de trem proporciona a quem não está habitualdo.

Confira algumas dicas para viajar de trem

As estações são de fácil acesso

Você vai conseguir chegar com muita facilidade nas estações. Em geral, elas estão localizadas no Centro das cidades, o que ajudará na economia de tempo, não sendo necessário se preocupar com grandes deslocamentos, como os que ocorrem para acessar os aeroportos.

Bagagem: quanto mais leve e menor, melhor

Viajar de trem deve ser prático. Entrar e sair dos vagões com uma mala pesada não é uma tarefa muito fácil. Por isso, pense e planeje bem para levar somente o essencial.

Pontualidade

Ser pontual é regra nos trens. Se a sua partida está marcada para 15h43, nesse horário você deve estar dentro do vagão e não chegando à plataforma. Isso irá ajudá-lo a evitar que você perca os passeios que planejou por tanto tempo.

Sem check-in

Não é necessário realizar o procedimento de check-in: basta entrar no trem com seus pertences. Por isso, é importante chegar com antecedência de 15 a 30 minutos para encontrar a plataforma de embarque e o vagão indicado na sua passagem.

Validação do bilhete

Ao contrário das passagens de avião, nos trens a checagem dos bilhetes acontece somente durante a viagem. Um profissional da empresa irá carimbar o seu ticket para validá-lo e pronto! Você já pode relaxar e aproveitar a paisagem.

Planeje o seu trajeto

O planejamento na hora de comprar as passagens é essencial, pois existem opções de trens mais rápidos que economizam um tempo precioso. Trechos que contam com trens de alta velocidade são muito procurados e as passagens econômicas podem se esgotar rapidamente.

Viajar de trem à noite pode te ajudar a economizar

Conseguir guardar aquele dinheiro extra durante as viagens pode ser mais fácil do que imagina. Optar por um percurso longo durante a noite, por exemplo, é uma excelente alternativa para poupar gastos com quartos de hotel.

Você pode fazer um lanche dentro do próprio trem

Bateu uma fome durante o trajeto? Basta seguir até o vagão-restaurante ou utilizar o serviço de snack bar. Nem todos os trens têm o serviço disponível, por isso, é importante verificar antes. Caso viaje de primeira classe, o atendimento pode oferecer café, chá, snacks ou refeições.

Fique atento às estações para não perder a sua parada

As paradas nem sempre são avisadas ou podem ser anunciadas em uma língua que você não conhece. A dica nesses casos é anotar o horário de chegada previsto e os nomes das últimas estações que precedem o seu local de destino.

Buca de passagens

Na Europa, a principal distribuidora de bilhetes e passes de trem é a Rail Europe. No site da empresa é possível checar os destinos, simular percursos, ver preços e pagar os bilhetes com cartão de crédito.

 

Outros Posts