Destinos mais acessíveis no primeiro semestre


Usuários do aplicativo Voopter que buscaram os melhores preços para passagens aéreas nacionais durante o primeiro semestre de 2017 encontraram nas capitais São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Curitiba (PR) e Belo Horizonte (MG) as melhores ofertas, em média. Para a capital paulista, o preço médio de um bilhete foi de R$ 645, sendo que houve ocasiões em que foi possível voar para São Paulo por R$ 120. O levantamento feito pelo Voopter Data levou em conta as pesquisas dos usuários do comparador de preços de passagens aéreas entre 1º de janeiro e 14 de julho.

Por outro lado, as cidades para onde viajar de avião exigiu mais poder aquisitivo dos passageiros durante o mesmo período foram Rio Branco (AC), Vitória da Conquista (BA), Fernando de Noronha (PE), Natal (RN) e Macapá (AP). Embora os preços dependam de variáveis, como origem, data da viagem e antecedência, os destinos acima foram os que tiveram as médias de preço mais altas.

Seguindo a mesma linha, os preços também estavam mais altos para quem buscou passagens aéreas para Bangkok, na Tailândia, Sydney, na Austrália, Pequim, na China, Tóquio, no Japão, e Cidade do Cabo, na África do Sul. As sul-americanas Montevidéu, no Uruguai, Buenos Aires, na Argentina, e Santiago, no Chile, foram as cidades para onde voar foi mais barato neste semestre, com médias de preço de R$ 1.002, R$ 1.157 e R$ 1.422, respectivamente. Miami e Nova York, nos Estados Unidos, completam a lista dos destinos internacionais mais em conta.

Outros Posts

ClickBus oferece R$200 de desconto em passagens de ônibus na rota RJ/SP


A  ClickBus realiza uma promoção para quem não gosta de viajar sozinho. A plataforma oferecerá um desconto de R$ 200 para passagens adquiridas entre os dias 17 e 19 de julho, na rota São Paulo e Rio de Janeiro. Para validar o desconto o valor mínimo da compra deve ser de R$ 600 – o que equivale a 3 passagens de ida e volta, na classe convencional, para o trecho. O embarque é válido para qualquer data disponível até quando durarem os estoques.

“Viajar traz aquele sentimento de conquista e novos conhecimentos, e na CilckBus entendemos que isso é muito forte na viagem de ônibus no Brasil por toda a sua tradição. Por isso concentramos nossos esforços em trazer um produto que atenda a essas expectativas de viagem, atrelado a ações de Marketing que são absolutamente novas no setor rodoviário”, afirma Cesário Martins, co-CEO e fundador da ClickBus.

A ação faz parte da missão da ClickBus de aproximar o transporte rodoviário cada vez mais do turismo. “Viajar de ônibus hoje em dia está muito mais confortável do que era antes, os ônibus estão mais modernos e oferecendo serviços diferenciados aos passageiros. Além disso, atualmente o rodoviário é o meio de transporte pago mais democrático do país, com mais de 4600 destinos”, lembra o executivo.

Para ter acesso ao desconto e ao regulamento da promoção, o usuário deve acessar o site www.clickbus.com.br, escolher a data que deseja realizar a viagem e inserir o cupom RIOSP200 na área de pagamento.

Outros Posts

T-Rex Park ajusta horário de funcionamento e diminui capacidade


O parque infantil temático de Campinas anunciou mudanças no horário de funcionamento e na capacidade máxima do parque. O objetivo é dar mais comodidade e conforto aos clientes. “Como todo negócio novo, nós estamos sentindo o nosso público e podemos afirmar que superou as nossas expectativas. O parque esteve lotado em todos os dias, atingindo a sua capacidade máxima em momentos de pico, principalmente aos finais de semana. Definimos que para a maior comodidade dos clientes, reduziremos a capacidade máxima de pessoas de 2 mil para 1,3 mil pessoas momentaneamente e já estamos abrindo duras horas mais cedo”, destacou o gerente do parque Roberto Afarelli.

A direção também confirmou que em breve irá vender ingressos antecipados via internet com data marcada para evitar filas nas bilheterias e dar garantia de entrada em fila preferencial. “Essa adaptação é natural até porque o parque foi muito bem recebido pelo público e vamos fazer sempre o melhor para atendermos sempre bem os nossos clientes”, completou Afarelli.

Montanha Russa fora de operação

O T-Rex Park também confirmou que a montanha russa – Dino Coaster – está fora de operação. “Após a realização de todos os testes necessários para a operação segura da montanha russa Dino Coaster, foi detectado que a velocidade do equipamento está adequada para um brinquedo radical onde somente pessoas acima de 1,5 metros poderiam utilizar, o que não se adequa ao nosso parque que é voltado para famílias e crianças”, informou o gerente do parque que salientou ainda que os testes e procedimentos visam atender normas de Segurança como a NBR ABNT 15926 – Parques de Diversão.

Afarelli também confirmou que o T-Rex Park já efetuou a compra de uma nova montanha russa italiana para substituir a atual. “Em breve, apresentaremos essa novidade a todos”, concluiu.

O T-Rex Park foi inaugurado no último dia 30 de junho dentro do Parque D. Pedro Shopping. Conta com 17 atrações para crianças e adultos. Os ingressos que são vendidos somente na bilheteria custam a partir de R$ 50,00 e o horário de funcionamento é de terca a sábado das 10h00 às 20h00 e de domingos e feriados das 12h00 às 20h00. As bilheterias funcionam no mesmo horário do parque.

 

 

Outros Posts

Cobrança de bagagens pode incentivar viagens de ônibus

A nova regra da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que permite a cobrança pelo despacho de bagagem pelas companhias aéreas brasileiras, está em vigor desde o dia 29 de abril. Cada empresa terá a sua própria tarifa adicional, que varia de R$ 30 a R$ 260, e procedimento de cobrança, que fará com que o passageiro informe à companhia aérea antecipadamente sobre sua escolha para evitar custos adicionais.

Apesar da medida ter sido aprovada para a oferta de passagens aéreas mais baratas, as empresas possuem políticas distintas quanto a nova medida e não garantem o barateamento das passagens, não deixando claro qual será o real benefício da mudança ao consumidor. Enquanto isso, o transporte rodoviário mantém o preço total inalterado e continua com a gratuidade do despacho de duas bagagens de até 30Kg cada uma. Dessa forma, o mercado rodoviário torna-se ainda mais competitivo e reforça seu valor para o turismo brasileiro.

Devido às novas regras cada companhia poderá fazer as cobranças da forma que desejar. Com isso, algumas cias aéreas já definiram regras e cobrarão por bagagem de mão, incluindo no valor da passagem o despacho de malas até 23kg, outras terão opções de passagens com direito a apenas a bolsas e mochila. Desta forma, uma viagem de avião de São Paulo para o Rio de Janeiro pode custar cerca de R$ 600 (somente ida), um valor 550% mais alto do que uma passagem rodoviária, que custa em torno de R$ 90 (o trecho) com todas as taxas incluídas.

“Acreditamos que a mudança no aéreo poderá levar mais pessoas a considerarem o rodoviário como a melhor opção de transporte. Haverá um período de adaptação tanto das empresas aéreas quanto do consumidor, que terá que planejar com mais antecedência se irá despachar uma mala, além de maior burocracia no check-in. Por outro lado, o transporte rodoviário continua se modernizando, oferecendo mais conforto nos ônibus, além de ter o preço mais acessível sem cobranças adicionais. Com essa decisão do setor aéreo, o rodoviário pode ser uma opção ainda mais interessante para o consumidor que não estiver disposto a gastar mais tempo e dinheiro para despachar uma mala”, afirma Cesário Martins, CO-CEO e fundador da ClickBus.

A crise econômica refletiu em uma migração maior para o rodoviário já que, com o orçamento reduzido, brasileiros tiveram que enxugar gastos e buscar alternativas econômicas em todas as frentes, especialmente no modal da viagem. Essa mudança pode acelerar a migração de passageiros do setor aéreo para o rodoviário. A duração da viagem de avião é menor, mas há muitos benefícios de viajar de ônibus que superam essa questão para muitos passageiros, como o custo, a localização das rodoviárias comparada à dos aeroportos e a facilidade da compra online antecipada, que pode ser parcelada em até 12x.

 

Outros Posts