Las Vegas registra aumento de gastos com viagem em 2016

Os gastos com viagem em Las Vegas aumentaram em diversas categorias, incluindo comidas e bebidas, transporte local, shows e entretenimento, compras e sightseeing, de acordo com o 2016 Visitor Profile Study, da Las Vegas Convention and Visitors Authority (LVCVA), órgão oficial de promoção turística do destino. Além disso, 27% dos visitantes estiveram em Las Vegas pela primeira vez, um aumento de 11% em relação a 2015.

“O Visitor Profile Study é um recurso importante para determinar tendências e hábitos dos visitantes, que são integrais para formularmos nossas estratégias futuras da LVCVA, assim como para nossos resorts parceiros promoverem o destino”, afirma Kevin Bagger, diretor-executivo do LVCVA Research Center. “O estudo deste ano contém insights interessantes sobre o nosso visitante atual, incluindo que os gastos de viagem estão aumentando e que há uma mudança demográfica em nossos visitantes. Estamos atraindo mais turistas que visitam o destino pela primeira vez, e estes visitantes são mais jovens e diversos do que anteriormente. Também vimos um acréscimo no número de visitantes que não jogam. No entanto, os visitantes que participaram de jogos gastaram mais do que em anos anteriores.”

Os gastos dos turistas aumentaram em todas as principais áreas. Os visitantes gastaram em média US$ 319,93 com comidas e bebidas em 2016, um aumento de 9,4% em relação aos US$ 292,42 de 2015. Também houve um acréscimo significativo em gastos com sightseeing para US$ 35,93 por pessoa, comparado aos US$ 14,86 de 2015, e compras, que passaram de US$ 122,66, em média, em 2015 para US$ 156,91 em 2016.

Las Vegas quebrou o recorde de visitação pela terceira vez consecutiva em 2016, com 42,9 milhões de visitantes, e o turismo teve um impacto estimado de US$ 60 bilhões na economia local. Pelo 23º ano consecutivo, Las Vegas foi nomeada o principal destino para trade shows nos Estados Unidos pela publicação especializada Trade Show News Network, tendo recebido 57 dos 250 maiores trade shows do país, mais do que os dois outros maiores destinos – Orlando e Chicago – receberam juntos. Las Vegas foi sede de quase 22 mil encontros, convenções e trade shows, com um recorde de 6,3 milhões de visitantes nestes eventos, um aumento de 7,1% em relação a 2015.

Localmente, o turismo é responsável por aproximadamente 407 mil empregos, ou 44% dos postos de trabalho totais, o que representa US$ 16,9 bilhões em salários locais. Sem o turismo, cada domicílio no sul de Nevada teria de pagar aproximadamente US$ 2,7 mil a mais em impostos.

Outros destaques do estudo deste ano incluem:

A satisfação do visitante permanece forte, com 99% deles afirmando que ficaram satisfeitos com a visita.
O marketing boca a boca de Las Vegas está bem posicionado, com 91% dos visitantes dizendo que muito provavelmente recomendariam o destino para outros.

Comparado a anos anteriores, os visitantes exploram mais frequentemente as regiões ao longo do destino e ao seu redor, como Downtown Las Vegas, Fremont Street Experience, The Park do MGM Resorts International, The Linq Promenade, Grand Canyon, Hoover Dam, etc.
Os visitantes aproveitaram a contínua expansão da variedade de experiências de entretenimento (como residências musicais e shows de artistas renomados) e atrações pagas (como a roda gigante High Roller, bares, lounges e festas diurnas) disponíveis no destino.

O visitante médio de Las Vegas tem 44 anos, é mais provavelmente casado (70%), tem formação superior completa (49%), e uma renda familiar acima de US$ 40 mil (73%). O turismo internacional foi responsável por aproximadamente 19% da visitação total, um aumento de 16% em relação a 2015. Já quase um terço dos visitantes domésticos vieram da Califórnia. Um número maior de visitantes viajou para o destino por vias aéreas neste ano (46%), comparado a 43% no ano passado.

Por mais de quatro décadas, a LVCVA realiza pesquisas com visitantes para desenvolver o relatório anual Visitor Profile Study, que detalha tendências, atitudes, comportamentos e hábitos de gastos no destino. O relatório apresenta os resultados de 3,6 mil entrevistas pessoais que foram conduzidas em Las Vegas ao longo do ano e inclui comparações com resultados de 2012, 2013, 2014 e 2015.

Eduardo Gregori

Sou jornalista, viajo profissionalmente e por prazer. Também sou cantor e DJ. I am a journalist and a profesional and leisure traveller. I also sing in weddings and DJ

Leia Também